Feijão Brasil Feijão Brasil
Feijão Brasil

Reportagens e Matérias

Feijão Brasil é único

Folha de S. Paulo - Ilustrada

Crítico da Folha
Bom e Barato / Até R$ 30,00 por pessoa

São Paulo, quinta-feira, 22 de dezembro de 2005

Feijão Brasil serve banquete caseiro
Quando nasceu, em 1999, o restaurante Feijão Brasil tinha um escopo talvez mais ambicioso do que o que apresenta hoje. Seu cardápio era basicamente à la carte, com pratos e cozinha mineira e outras vertentes interioranas: um restaurante brasileiro com uma certa pretensão gastronômica.

Hoje, o restaurante ate tem alguns pratos à la carte, mas a carta nem sequer é mostrada aos clientes: o que vale mesmo é o bufê de preço fixo. E “que” preço: R$ 13,90 para o almoço de segunda à sábado (a casa não abre à noite).

Propriedade de um casal de médicos, hoje mais nas mãos de sua filha, Yolanda Nunes, de certa forma o Feijão Brasil vai na contra-mão dos restaurantes com serviço de bufê, que costumam gabar-se da enorme variedade de pratos servidos a cada dia. Há pouca variedade, um pouco como se estivéssemos numa casa mineira. A vantagem é que, se a opção é, por exemplo, entre duas carnes, ao menos são pratos bem feitinhos.

A salada é modesta como a de uma casa do sertão, a sobremesa vai na mesma batida (mas tem sempre uma compota de frutas com gosto brasileiro); por outro lado, sobre o fogão estão servidos acepipes brasileiros sempre puxados por um carro chefe do dia: segunda-feira é dia de arrumadinho; terça, de galinhada; quarta e sábado, claro, feijoada; quinta-feira, o pernil de porco assado, e, na sexta-feira, um peixe de rio, da Amazônia ou do Centro-Oeste. Nas guarnições, arroz, feijão, farofa, polenta e batata frita. Como num banquete doméstico do dia-a-dia. Não é melhor que comer num fast food sem imaginação?

Feijão Brasil
Endereço: Al. Santos, 1.189, Cerqueira Cesar, tel.0/XX/11/ 3266-3792
Funcionamento: de seg. a sáb., das 11h30 às 15h30. Fecha em 25/12 e 1/1
Preços: pratos principais, de R$ 15,90 a R$ 20; bufê: R$ 13,90
Cartões: todos
Estacionamento: não há